Currículo para Designers

2015 tá chegando e uma das minhas metas para o ano é um estágio ou emprego na área de Design de Interiores ♥ Juntando a fome com a vontade de comer, acabei de ler um e-mail fofo de uma estudante, que assim como eu, tem dúvidas sobre como fazer um bom currículo nessa área tão nova. Não sou a dona da verdade e nem precisa seguir 100% tudo o que eu falar, mas eu pesquisei muito e vou tentar passar tudo o que aprendi tanto pesquisando, quanto na vida. Então vamos lá! 🙂 Currículo para Designers-02 O começo é sempre com seus Dados Pessoais: nome completo, idade, estado civil, endereço, cidade, região, telefone (celular ou residencial) e e-mail. Lembrando que não é preciso informar o CEP. Logo após temos o Objetivo. Muita gente acaba se perdendo nessa parte e escreve linhas e linhas sobre coisas nem tão relevantes e que acaba desagradando os selecionadores. Nesse quesito o simples é o que vale. Para cada vaga, um novo objetivo: o nome da vaga de interesse. Ex: Vaga nem Design de Interiores na área de Vendedor Decorador. Em seguida vem a Formação Acadêmica. Nessa área o candidato deve colocar o último grau de escolaridade que possui.  A descrição deve ter o nome da instituição, curso e ano ou previsão de término. Profissionais com MBA, pós-graduação ou curso técnico devem mencioná-los. Depois disso, é chegada a tão temida parte de Experiência Profissional. E aí? O que colocar? Bom, antes de tudo, pense em tudo o que pode ser colocado como experiência. Não é porque sua carteira de trabalho está em branco que não tem experiência alguma, em nenhuma área. ‘Bico’ é válido!!! \o/. Vale citar trabalhos em uma empresa familiar, em organização de pequenos eventos e até um trabalho temporário. Projeto de iniciação científica, trabalhos de conclusão de curso (TCC) e atuação em empresa júnior da faculdade também podem ser mencionados. Já deu pra perceber que não é tão difícil assim. 😉 Currículo para Designers-03 Essa é a parte em que podemos sair na frente de vários concorrentes. Com ou sem investimento, o conselho aqui é sempre estudar, reciclar conhecimentos e aprender coisas novas. Cursos complementares: Nessa parte são citados os cursos extracurriculares ou de curta duração e workshops. É importante mencionar o nome da instituição, mês e ano de início e término e carga horária. Idiomas: É necessário ser honesto e indicar seu real conhecimento do idioma, já que o recrutador poderá testá-lo durante a entrevista. A fluência pode ser categorizada como: básico, intermediário, avançado e fluente. Um bom jeito de saber isso é fazendo testes de nivelamento de idiomas. No My English Online, por exemplo, você pode fazer a prova de nivelamento pra saber em qual nível você está e depois pode cursar a partir de onde você sabe. Tudo isso grátis! Informática: Aqui deve-se informar os conhecimentos em cada programa e categorizá-los. Também é importante mencionar o nome da instituição, mês e ano de início e término e carga horária. Outras informações (Atividades Complementares): Aqui vale colocar experiências internacionais e trabalhos voluntários. Vale aquelas atividades feitas na faculdade (palestras, visitas técnicas, participação em exposições). É mega interessante mencionar o seu blog ♥ e possíveis publicações, reconhecimentos dos seus trabalhos. Se o dinheiro tá pouco pra investir em cursos e você quer turbinar seu currículo, faça cursos onlines grátis. São vários sites, em várias áreas de atuação e, certamente, será um mega diferencial. Tudo o que você queria ♥ Eu conheço alguns sites e já fiz vários cursos neles. São eles o Escola Virtual, o iPED, o EAD – Sebrae, o Prime Cursos. Currículo para Designers-04 Por último e não menos importante, deixo a dica: INVISTA NO DESIGN!!! Pense no recrutador. Ele passa o dia todo lendo vários currículos normais (feitos no word), depois de uns 20 ou menos, ele já está cansado das mesmas coisas em vários currículos. Até que ele se depara com um currículo diferente, colorido, com uma nova abordagem. Concorda comigo que esse currículo já ganha a atenção do recrutador antes mesmo dele ler o conteúdo? Pois é essa a intenção. Capriche, invista, se dedique! Se você não pode contratar um designer, tente aprender a usar o Adobe Illustrator. Existem vários tutorias que ensinam a usar o programa e ele é excelente não só para o currículo, mas para várias atividades. Currículo para Designers-06-01 cv_12-423x600 cv_16-450x584   cv_10-436x600 cv_24-450x582 cv_23-423x600 cv_18 cv_13-442x600 cv_1-450x577 cv_21 E aí? Acabaram as suas dúvidas? Tudo pronto pra 2015 começar com aquele estágio, aquele emprego tão sonhado? Se restam algumas dúvidas ou se você quer uma ajudinha pra montar, fazer o seu currículo, fala comigo! Vou adorar ajudar! Até o próximo post!   Assinatura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s